DRAIKANER

Site oficial do grupo de Boffering Draikaner, com updates e notícias.

Manual Básico de Estratégia

Formações

  • armyCírculo: Os soldados aliados formam um círculo. Se as armas estiverem voltadas para dentro é um círculo ofensivo, se estiverem voltadas para fora é um círculo defensivo. Essa é uma formação mais defensiva, geralmente usada ao reagrupar um time e permitir a formulação de outra manobra.

    Essa formação é mais eficaz quando os tipos diferentes de armas e os níveis dos  soldados estão bem distribuídos. Não é recomendado que essa seja uma formação  final nem que essa formação seja utilizada em caso de desvantagem numérica total  ou de lanceiros. Geralmente é usada para preparar emboscadas. A posição ideal para um arqueiro é o centro do círculo.

    Swiss pikemen

  • Linha:Os soldados aliados formam uma ou mais linhas. É uma das formações mais versáteis já que dela é possível fazer uma transição rápida para qualquer outra formação e  também pode ser usada ofensivamente ou defensivamente, mas se a batalha for  exclusivamente entre 2 linhas a ofensividade é aconselhada. É mais vantajoso  balancear a linha pela habilidade dos soldados e não pelas armas, de forma que os  menos habilidosos se tornem responsáveis por aparar e defender golpes e os mais  habilidosos matar o máximo de inimigos sem receber dano. Os flancos devem ter  soldados mais experientes e a retaguarda deve ser defendida por no mínimo dois  soldados (o ideal é usar 3), um (ou dois) mais habilidoso(s) para eliminar batedores e um vigia que deve sempre guardar a retaguarda e puxar algum soldado se necessário para reforçar a retaguarda. O vigia tem o dever de organizar a retaguarda e manter  batedores longe, aconteça o que acontecer. Uma excelente opção de vigia é um  arqueiro.

shield wall.jpg

  • Ponta de Flecha:
    Os soldados aliados formam duas linhas na diagonal unidas por um escudeiro, que é a ponta por estar na posição mais avançada da formação. Formação altamente  ofensiva que obrigatóriamente deve ter escudeiros nas posições dianteiras para  suportar o contato inicial com formações inimigas. A rapidez é prioridade nesse caso e não se deve recuar. É uma ótima formação para realizar uma Carga. A transição de  linha para Ponta de flecha deve sempre ter um elemento surpresa, e quanto menos  espaços existirem entre os soldados, mais eficiente será o ataque. Arqueiros devem  se posicionar nos flancos.

wedge

  • Boca de Lobo:Os soldados aliados formam um U voltado para o inimigo. Formação ofensiva que  depende muito do timing para funcionar adequadamente. Idealmente uma boca de  lobo pode progredir para um círculo ofensivo em torno do inimigo, mas essa  transição deve ser conjunta e executada de maneira calculada e precisa para não  assustar a presa assim como não pode haver afobação para evitar buracos entre os soldados aliados, o que pode romper a formação inteira. Arqueiros têm melhor utilidade nos flancos da formação para “arrebanhar” o time inimigo sob ameaça de disparos.

  • Blocos:Os soldados aliados são divididos em 2 blocos ou mais, podendo ser o time inteiro  dividido em duplas ou trios em alguns casos. Ao usar essa formação o comandante  deve ter 2 noções bem claras em sua cabeça: o ataque direto e indireto, pois o inimigo poderá presumir uma vantagem sobre um exército dividido. O número de blocos,  soldados por bloco e formação de cada bloco dependerão do objetivo do comandante. No caso de serem feitos 2 blocos, designe um comandante para cada bloco e um  imediato caso esse comandante morra. Sempre tenha um vigia e procure economizar batedores para o momento certo, quando o seu exército é dividido cada soldado pode valer uma vantagem fundamental para a vitória. Arqueiros tem preferência por  grupos maiores ou mais ofensivos.

blocks

  • Peões: Os soldados aliados formam duas linhas; a linha de frente deve conter escudeiros e duais e deve haver o espaço de um homem entre os soldados, a segunda linha deve estar recuada meio passo da primeira linha e conter espadas longas, lanceiros e arqueiros posicionados nas lacunas da linha de frente. Espadas médias devem cobrir os flancos e organizar a retaguarda.

Estratégia

chess_by_DEATHcookie

  • Conceito de Estratégia: Derivada de estrategia, “o  ofício de um general” e strategos, que era um  líder de exércitos na Grécia antiga a palavra  Estratégia se manteve de certa forma a “arte do  general” através dos séculos. A Estratégia militar  envolve o planejamento, abastecimento,  movimentação e uso de tropas assim como  manipular, iludir e frustrar um inimigo.  Estratégia não é derrotar um inimigo, é entrar em  uma batalha vantajosa, usar táticas na hora certa,  conquistar o povo inimigo, ganhar uma guerra  sem derramar uma gota de sangue. O principal  elemento de qualquer estratégia é a consequência  de suas ações, uma vitória sustentável.

  • Diferença entre formação, tática e estratégia:

Formação é a disposição de uma tropa sob um comandante.
Tática é a arte e a ciência de organizar tropas e usá-las em conjunto para combater e derrotar um inimigo em batalha.
Estratégia é  um plano de alto nível para alcançar um ou mais objetivos sob condições de incerteza.

  • Voz de comando: É uma técnica de voz que é usada para organizar um exército. Para alcançar sua voz de comando, você precisa projetar sua voz e evitar palavrões, o respeito e a obediência dos outros soldados não podem ser alcançados por medo ou raiva. Um soldado só vai dar ouvido a quem tiver confiança, saber o que está fazendo e for responsável por decisões, um verdadeiro Comandante.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: