New Faces Team

Bom dia, dragones.

EPS é amor.
Primeiramente agradecemos e parabenizamos à Schola Militum pelo espaço no seu Aniversário de 2 anos no dia 23 de Julho. Foram mais de sete horas organizando, confraternizando e praticando Softcombat, HEMA e nosso querido Boffering. Um abraço para nossos amigos do Rio representando o a casa Vieria Turaine.


Às 17h, depois de sermos chamados pelo Charles Herculle fizemos também uma apresentação no salão principal do evento simulando uma campal de 6 pessoas.
Um salve para todos os Draikaners que foram lá para representar o clã: capitães Manequim, JP, Luan, Sempre alerta, Vinny, Fifi, Cass, Lu; sargentos Pantera e Chapolin. Também fomos prestigiados pelos membros Lucy e Jamal.

P_20160723_094121[1]

No dia 24 de Julho, tivemos treino Estratégico e Específico para não fazer feio tanto nas massivas como nos duelos do EPS VI. O treino foi um sucesso, e após seu término era como se houvesse uma aura ao redor dos Draikaner e celebramos fortemente para afastar a expectativa, o que não impediu nossos membros de treinar durante a semana antes do EPS VI.


Depois de tanta ansiedade, o dia 31 chegou e 7h da manhã o Draikaner já começava seus preparativos no Parque Villa-Lobos para que tudo corresse da melhor maneira. A Falkisgate marcou presença desde cedo e colaborou de todas as maneiras para que a vistoria e recepção ocorresse tranquilamente.

As equipes de Recepção e Vistoria não paravam um minuto e atendendiam os clãs conforme eles chegavam. 10h da manhã começaram as arenas de 10×10 e Rouba-Bandeira, e cada batalha merecia uma canção mas no EPS VI faltaram bardos e sobraram guerreiros. Após as reuniões de Árbitros e Líderes, houve um recesso e então todos os guerreiros começaram a se alinhar nas extremidades do campo em antecipação à maior campal de boffering em 6 anos de EPS.

Quando todos estavam à postos e os juízes autorizaram o começo do embate, era como se o tempo tivesse parado e o silêncio predominou a atmosfera do evento abafando os gritos, os escudos sendo acertados por espadas e machados, os desafios e os bardos como se cada homem e mulher ali presente tivesse esperado a vida toda por aquele momento. Passo a passo, as duas paredes de escudos se encontraram e desse momento em diante as flechas não pararam de voar enquanto golpes eram bloqueados, ordens eram dadas, olhares tomavam o lugar de palavras e depois de um tempo todo aquele barulho se tornou parte daquele momento, uma trilha sonora perfeita para um momento perfeito. Quantas pessoas no mundo podem dizer que estavam em uma linha com 300 pessoas lutando contra 300 pessoas em 2016?

 

IMG_4946 (Copy).jpg
O sol. O cansaço. A voz falha. O suor nos olhos. A frustração. A sensação de ser minúsculo mas de poder fazer a diferença. A moral do time. A ameaça por todos os lados. A fúria. A calma da batalha. A reflexão no cemitério. A sensação de vencer. QUEM FOI MANJA.
A organização do EPS gostaria de agradecer aos clãs de São Paulo por terem oferecido suas mentes, braços e corações nas reuniões, discussões e organização do EPS. Se esse ano o EPS saiu melhor é porque as críticas feitas no ano passado foram analizadas e incorporadas na medida do possível para que o evento tivesse melhorias para todos ou quase todos os clãs participantes. Convidamos todos os clãs a contribuirem com o esse processo contínuo de aprimoramento do EPS mandando um e-mail para draikaner@gmail com sugestões, elogios ou críticas.

Este slideshow necessita de JavaScript.


Deixamos aqui também o nosso obrigado aos Draikaners que deixarão tudo de lado para discutir, vistoriar, logotipar, revisar, arbitrar, divulgar o evento e receber outros clãs e proporcionar não só o encontro e suas batalhas mas também a atenção necessária aos mínimos detalhes para que todo mundo pudesse se divertir conosco no Parque Villa-Lobos.


No dia 7 de Agosto, sofrende de uma terrível ressaca pós-EPS e ansiosos para o Esfria Paulista de Swordplay tivemos um Treino Específico no nosso querido Parque do Ibirapuera com direito a visita do ilustríssimo ex-cavaleiro Heikashi, assim como a presença do saudoso ex-general Bauducco que trouxeram uma aura extremamente positiva aos membros. Também marcou presença o Manja, defensor do Darastrix com sua postura lacônica no campo de batalha mas carismática na conversa.


No dia 14 não houve Treino Oficial devido ao Dia dos Pais mas voltaremos com força total no dia 21 de Agosto para continuar a ecoar através dos tempos em nosso habitual local de treino, faça chuva ou faça sol marcharemos sob nosso estandarte com membros novos e velhos lado a lado honrando nossas cores. O próximo treino será conduzido pelo Capitão Tiozão, e ele traz uma proposta muito interessante de aperfeiçoamento técnico.

treino extra

Agradecemos de todo o coração todo o apoio e o espaço cedido pela Organização não-governamental MAIS (Movimento de Apoio à Integração Social) ao realizarmos uma visita às crianças mais fofas do mundo e mostrá-las a magia do Swordplay. Passamos uma tarde sensacional com muitos duelos, batalhas em grupo e sorrisos. Um abraço especial para Thamires e Igor.

Jpeg
Estandarte no local do evento. (ONG MAIS)

Para finalizar essa publicação, palavras de um Capitão que sempre será uma referência do que é ser Draikaner e seguir nosso lema: Capitão Patati (André Victor).
“Respeito, disciplina e esforço: estas 3 palavrinhas formam uma outra (honra). Pratiquem a honra na minha ausência. Não se esqueçam do porquê de vocês lutarem. Não esqueçam de se perguntar o que é uma família. E, novamente com lágrimas nos olhos, eu reitero: Obrigado por tudo! E desculpa qualquer coisa. In gladius victoria est.”

puta palhacada
Capitão, músico, filósofo, professor, aluno, amigo, palhaço, exemplo: Patati
Anúncios
%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close